sexta-feira, 12 de julho de 2013

Capacitação de novos profissionais - Vendedor Consultivo

Para saber mais ligue ou encaminhe email para:
pina@pinaconsultoria - cel.: 11 -99453-8920

quarta-feira, 6 de julho de 2011

terça-feira, 14 de junho de 2011

A arte de vender em Buenos Aires



No artigo de hoje, vou comentar algumas experiências de atendimento ao cliente que tive a oportunidade de vivenciar recentemente na cidade de Buenos Aires, Argentina.


Estive alguns dias por lá e como não poderia deixar de ser, realizei algumas compras e como de hábito, aproveitei para fazer minha avaliação sobre o atendimento que recebi como turista e compradora.

Um fato que muito me chamou atenção foi a estratégia utilizada pelos lojistas para atrair os clientes ao interior das lojas.

Vou tentar explicar.
Um vendedor fica do lado de fora da loja, distribuindo panfletos e convidando você para entrar. É muito simpático e fala fluentemente o português.

Quando você entra na loja, outro vendedor assume o atendimento e aquele que lhe convenceu a entrar sai de cena, pois já cumpriu seu objetivo.
É neste momento que a magia se acaba. O vendedor que passa a atendê-lo já não fala português e não se mostra muito paciente, quando você pede que ele mostre os artigos que lhe interessam para compra.
Tal situação de atendimento me fez refletir novamente sobre a arte de vender.

Como sabemos, podemos ter dois tipos de relacionamento com nossos clientes: o relacionamento de uma só venda, ou o relacionamento contínuo (de várias vendas).
Os vendedores que optam pelo relacionamento de uma só venda, normalmente vivem começando seu trabalho do zero, sem nenhuma recorrência ou indicação.

Já os vendedores que optam pelo atendimento através de um relacionamento contínuo, geralmente tornam seus clientes cativos. Estes clientes sempre retornam e normalmente indicam amigos que passam a se tornar novos clientes cativos e assim sucessivamente.
Então, de que adianta uma pessoa muito simpática na porta, tentando convencer possíveis clientes a entrar se depois, no interior da loja, você será atendido por outra pessoa e receberá outro tratamento?
Na minha concepção, parece apenas uma simples estratégia para atrair possíveis consumidores para o interior das lojas.

Percebi que eles não se preocupam muito com o atendimento O importante é ter a loja cheia, pois alguém sempre leva alguma coisa.

Além do mais, somos turistas e provavelmente os vendedores e lojistas pensem: eles não voltam tão cedo e quando retornarem talvez eu nem esteja mais aqui. O importante é fazer esta venda e pronto.”

Será esta a melhor postura para um vendedor, ou lojista?

Será que estes lojistas e vendedores já pensaram alguma vez em fidelizar clientes?

Será que o proprietário está realmente preocupado se os turistas terão uma boa impressão, em relação ao atendimento prestado em sua loja?
Ao que me pareceu as respostas são todas negativas, pois a estratégia utilizada para a realização das vendas é pescar cada provável cliente na rua.
Me parece que os lojistas esquecerem do marketing de boca a boca, aquele que as pessoas fazem gratuitamente, de forma positiva, ou negativa.

Mas podem acreditar que ele existe e funciona em todos os paises. Assim que eu voltei de viagem, um grupo de amigas resolveu fazer o mesmo passeio e claro que elas me pediram indicações de lojas.

Incrível não !!!

Infelizmente eu só pude indicar uma, das muitas que visitei ( no próximo artigo relatarei este caso ).

Moral da história:

“ Faça sempre seu melhor, pois você nunca sabe o que o dia seguinte pode lhe trazer ’’

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Coloquei este texto no meu blog, porque achei de grande sensibilidade e certametne é de grande utilidade para todos os profissionais, ou melhor para todo ser humano.

SER CHIQUE SEMPRE - GLÓRIA KALIL

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como nos dias de hoje.

A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas.

Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro Italiano.

O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.

Chique mesmo é quem fala baixo.

Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.

Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.

Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.

É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.

Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.

É lembrar-se do aniversário dos amigos.

Chique mesmo é não se exceder jamais!

Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.

Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.

É "desligar o radar", "o telefone", quando estiver sentado à mesa do restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.

Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.

Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!

Chique do chique é não se iludir com "trocentas" plásticas do físico... quando se pretende corrigir o caráter: não há plástica que salve grosseria, incompetência, mentira, fraude, agressão, intolerância, ateísmo...falsidade.

Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material
deste mundo.

Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem, que não seja correta.

Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!

Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!

Investir em conhecimento pode nos tornar sábios... mas, Amor e Fé nos tornam humanos!



GLÓRIA KALLIL.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Treine, treine , treine

Semanas atrás, vimos o goleiro Rogério Ceni comemorar a marcação de seu centésimo gol, fato que, convenhamos, não é muito comum, visto que o goleiro tem como principal função evitar gols.

Questionado pelos jornalistas sobre como conseguiu atingir esta fantástica marca, sua resposta foi bastante óbvia: treinei e treino para isto.
 
Rogério Ceni não é o único a afirmar que para atingir um resultado tão expressivo é necessário preparação, dedicação e treinamento.

Não existe sorte para a marcação de 100 gols, existe sim, treino, treino e treino.



A área esportiva está repleta de exemplos de profissionais que se destacaram, ou se destacam, devido a sua rotina de treinamento.



O nadador César Cielo, medalhista olímpico, treina em média 04 horas por dia.



Oscar Schmidt, recordista de pontos em jogos olímpicos, atleta que defendeu por mais de 20 anos a seleção brasileira de basquetebol, recebeu da imprensa o apelido de “mão santa”. Sempre que era entrevistado e chamado de “mão santa” pelos jornalistas, respondia: “mão santa não, isso é resultado de muito treinamento”.

 






 
Os atletas comandados pelo treinador Bernardinho, certamente sabem da importância dos treinamentos.



 
No livro “Transformando Suor em Ouro” Bernardinho, cita vários exemplos do ritmo intenso de treinamento que exige de seus jogadores.

Certa ocasião, após muitas horas de um vôo cansativo, assim que os atletas se instalaram no hotel , apesar do cansaço, foram convocados por Bernardinho para um treinamento que segundo o técnico, tinha como objetivo manter um voleibol de alto nível , durante as competições , reconhecido mundialmente pelos adversários.

.

Portanto amigo vendedor, a dica de hoje é : treine, treine e treine.

Só com muito treinamento você poderá obter sucesso em sua profissão.



Treine e sucesso!!!




Pina Seminara Boffa

www.pinaconsultoria.com.br

www.twitter.com/pinasboffa

www.vendedoresnota10.blogspot.com

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O Cliente é Rei

Sim o cliente é rei ...o problema é que existem muitas empresas por ai que ainda não entenderam isso e tratam seus clientes de qualquer jeito...uma vergonha...
Ligar para uma empresa e ficar  esperando por 7 toques até que alguem atenda o telefone, para depois que finalmente atenderem, te informarem que : " Lamentamos muito senhora, mas nossos telefones estão com problemas...e nosso sistema também.

Ai, ai, ai ai. !!!, pleno seculo XXI, acho que dá para fazer melhor ...
Ligue para sua empresa e avalie seu atendimento. Fique atendo, afinal o "Cliente é Rei"

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Finalmente chegou 2011 !!!


2011 que tem sido anunciando como um ano de forte crescimento do mercado brasileiro, começou com janeiro bem aquecido ( em todos os sentidos) .

Na última edição de dezembro da revista CRN os principais executivos da área de TI/Telecom, anunciaram suas expectativas para o ano de 2011. Notei que todas as expectativas são bem positivas. Ufa ! que bom!

Desta forma, espero mesmo que tudo corra muito bem no mercado de TI/ Telecom e que todos possam ver suas contas bancarias crescerem.

Que o sucesso faça parte do nosso dia a dia, com muitas comemorações.

Que as equipes de vendas sejam bem treinadas, que saibam como tratar clientes , que estejam preparadas para crescer , que deixem o comodismo de lado e que saibam apresentar soluções aos clientes, etc...

Para manter este clima de super motivação separei algumas poucas frases tiradas de alguns livros que li , elaboradas por gente muito boa, que podem ajudar a dar a motivação necessária para a equipe de vendas e quem sabe desperta o interesse na leitura dos livros também.

Feliz 2011 para todos!!!!

Leiam a seguir:

“Sucesso é o resultado da prática constante de fundamentos e ações vencedoras. Não há nada de milagroso no processo , nem sorte envolvida. Amadores aspiram, profissionais trabalham” – Bill Russel

“ Os guerreiros vitoriosos vencem antes de ir á guerra, ao passo que os derrotados vão á guerra e só então procuram a vitória” – Sun Tzu

“Quanto mais as pessoas acreditam em uma coisa, quanto mais se dedicam a ela, mais podem influenciar no seu acontecimento” – Dov Éden

As frases acima foram utilizada por Bernardinho em seu livro”Transformando Suor em Ouro” ( tem muito coisa boa neste livro)

“Vencer , realmente, pode não ser tudo, mas se empenhar pela vitória é a única coisa que conta” Bernandinho

“ O importante é capacitar-se para que sua profissão lhe traga, além do prazer natural de cumprir sua missão, a tranqüilidade econômica decorrente de um trabalho realizado como máximo de perfeição” – Roberto Shinyashiki – Livro: Você a alma do negócio

“Peça ajuda para solucionar problemas ... “William C Byhan – Livro: Zaap!

“ Para casa esforço disciplinado há uma retribuição múltipla. Jim Rohn –

Livro : O monge e o Executivo